Como a mudança climática está prejudicando a agricultura?

Como a mudança climática está prejudicando a agricultura?

Estudo mostra que 21% da produção agrícola mundial foi impactada negativamente por mudanças climáticas geradas pelo

Um novo estudo publicado pela Nature Climate Change revela o impacto negativo das mudanças climáticas na produção agrícola. A pesquisa mostra que cerca de 21% da produção agrícola mundial, incluindo pecuária, cultivo de árvores e culturas tradicionais como milho e soja, foi impactada negativamente desde 1960.

A produção agrícola em todo o mundo cresceu nos últimos 60 anos, principalmente em países ricos, graças ao uso de tecnologias e técnicas mais eficientes. Mas, de acordo com a pesquisa, existem evidências de que a mudança climática – e o subsequente aumento de secas, inundaçõe e calor extremo – freou os ganhos agrícolas e, consequentemente, a garantia de segurança alimentar.

Com base em modelos semelhantes aos usados o economista Ariel Ortiz- Bobea, principal autor do estudo, e sua equipe mapearam dados climáticos entre 1960 e 2020 e os compararam a um modelo sem as mudanças climáticas causadas pelo homem. Depois a produtividade entre os dois modelos foi comparada.

A MUDANÇA CLIMÁTICA BASICAMENTE ELIMINOU CERCA DE SETE ANOS DE MELHORIAS NA PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA NOS ÚLTIMOS 60 ANOS

De acordo com o economista, sem as mudanças climáticas, relacionadas  ás emissões de gases de efeito estufa e ao aquecimento do clima, a
produção agrícola global teria atingido o nível que está hoje em 2013.

Os maiores impactos climáticos são vistos em países mais quentes, como os da África, América Latina e Ásia, justamente onde estão a maior parte dos países em desenvolvimento. Nestes países, o acesso ao avanço tecnológico e a sistemas de gestão para a agricultura também é menor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *